• 2019,  Artigos BDSM,  Blog,  Diversos,  Galeria de Fotos,  Podolatria,  Sessões

    São Paulo Fetish Week

      Chegou a semana do São Paulo Fetish Week. E para quem tem dúvidas, segue a programação detalhada: Terça: Dominação feminina com cenas de Domme Anita, Dominatrix Amy Addams e Rainha Fabi Silva. A casa estará aberta a todos que querem praticar, assistir ou servir as Dommes. R$20 entrada ou R$40 consumíveis. (Sessões com as Dommes a parte). *Cena exclusiva de Needle Play com Amy Addams e Kalli Khalifa Quarta: Cenas de Shibari com Sansa Rope, Anny Nunes e Lari. Dança Burlesca com Núbia Del Fuego. Flash desfiles durante a noite. (R$20 entrada ou R$40 consumíveis). Quinta: Performance e recepção com Allana Prado e convidado, cenas de Shibari com Lord…

  • 2018

    De volta a São Paulo – Agenda aberta para sessões agora COM LOCAL

    O que dizer sobre 10 dias em New York? Simplesmente demais! Desde o Central Parque, Times Square, Brodway musical Wicked maravilhoso,  Woody Allen tocando jazz no Café Carlyle, subir nos observatórios Word Trade, Rockefeller, Empire State…. tomar um drink no restaurante Skylyrk com uma vista linda no topo do hotel, fazer novos amigos… andar pelo soho, mais jazz, a ponte do Brookyn ainda mais linda durante a noite… conhecer as avenidas chiquérrimas com muito glamour, conhecer também o underground… E arte também com os museus, bibliotecas, igrejas….  Entre um passeio e outro algumas sessões, lojas com acessórios BDSM e roupas para cair o queixo mesmo de qualquer fetichista. Amei poder…

  • 2016,  Sessões

    Contando sobre mais uma sessão

    Tease and denial, shibari, muuuiita podolatria – worship e tramplig, dog play, spanking com palmatória e um pouco de inversão. Voalá! Mais uma sessão delícia. Segundo ele há tempos não servia uma Rainha, mas escravo que se prese já sabe como se comportar. E não esquece como é, porque está na sua natureza. – vem até aqui escravo, Beijou minhas botas com cuidado … puxei ele pelos cabelos , ele acompanhou com a cabeça. De joelhos na minha frente, percebi que ele relutava com suas próprias mãos que levantavam, querendo tocar as minhas coxas. Mas ele sabe… – não pode, mãos pra trás. Uma amiga me disse que minha postura…